quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Mais uma MORTE na Penitenciária de São Pedro de Alcântara - na Grande Florianóplis


Todos lêem e acham uma notícia trivial, mas, como destacada no notícia, só na grande florianópolis somam [pelas estatísticas oficiais] 7 mortes neste ano.
A Estes mortos o Estado, indiretamente, decretou a pena de morte...



Diário.com.br - Polícia 17/09/2008 11h15min

Um preso da Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira, na cela que ocupava com outros seis detentos. Condenado a 146 anos de prisão por latrocínio e homicídios, o detento Vanderlei Botelho Alencar, 39 anos, foi enforcado e tinha sinais de espancamento na cabeça.
Segundo o diretor do Departamento de Administração Prisional (Deap), Hudson Queiroz, os agentes prisionais encontraram o corpo quando foram levar o café da manhã para os presos.
— Será aberto um inquérito policial para apurar a motivação e os responsáveis, se houver mais de um — esclareceu Hudson.
Um preso, Emerson Cota, 28 anos, condenado a seis anos e oito meses pelos crimes de furto e roubo, assumiu a autoria do crime e foi levado para a delegacia para prestar depoimento. Os outros presos que estavam na cela também serão ouvidos.
Segundo Hudson Queiroz, o preso assassinado estava em Joinville cumprindo medida de segurança e retornou para São Pedro de Alcântara na segunda-feira, dia 15. Desde então, estava em uma cela de isolamento, com outros presos, para que se readaptasse à unidade.
Desde o início do ano, a Penitenciária de São Pedro de Alcântara registrou seis homicídios. A unidade é a maior do Estado e considerada de segurança máxima pelo Deap. O diretor não soube esclarecer um motivo para a morte.
No sistema prisional da Grande Florianópolis, foram sete assassinatos desde o início do ano — um ocorreu no Presídio Masculino de Florianópolis.
Postar um comentário